A Corrupção Política numa Perspectiva Global: algumas reflexões

Paula Veiga

Resumo


O presente artigo apresenta uma série de reflexões sobre a corrupção enquanto fenómeno à escala global, não curando de a localizar nem num espaço geográfico nem numa só área do direito. O que é decisivo para a análise é a adjectivação desse fenómeno – cura-se da corrupção política. Tenta delimitar-se este conceito olhando para critérios vários, mas tendo sempre como referente o ambiente político. Indagam-se algumas das suas causas e tentam encontrar-se mecanismos para a combater. O esforço de racionalização do fenómeno passa por dados concretos de instituições internacionais, nomeadamente os da Transparency International, e por uma tentativa de olhar para a corrupção independentemente do Estado em que sucede. No que respeita à metodologia, escolhe-se a que deve presidir a uma análise de direito público no Século XXI: uma perspectiva dialogante, pensando numa estrutura multinível e na importância da análise de direito comparado. Dentro da corrupção política é dado um especial enfoque à corrupção eleitoral, quiçá porque é um fenómeno muito comum em estudos dedicados ao tema e mais fácil dedescrever de forma objectiva. Em suma, a aproximação é conceitual e a análise é feita acima de sistemas jurídicos em concreto.


Texto completo:

PDF

Referências


DELLA PORTA, Donatella; MÉNY, Yves (eds.). Democracy and Corruption in Europe, Pinter, London and Washington, 1997

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil, Companhia das Letras, São Paulo, 2007.

MAIA, Antônio João. A propósito da questão da Corrupção – um contributo para a caracterização do discurso social, Relatório, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Nova de Lisboa, 2006.

MATTHEWS, Richard K. Virtue, corruption, and self-interest: political values in the eighteenth century, Lehigh University Press, 1994

MOISÉS, José Álvaro. Political Corruption and democracy in contemporary Brazil. Revista Latinoamericana de Opinión Pública. Wapor, 2009.

GATHII, James Thuo. Defining the Relationship between Human Rights and Corruption. University of Pennsylvania Journal of International Law, Fall 2009

GERRING, John; THACKER, Strom. Political Institutions and Corruption: the Role of Unitarism and Parliamentarism. Bristish Journal of Political Science, April 2004.

ROSEN, Mark D. The Structural Constitutional Principle of Republican Legitimacy. William and Mary Law Review, November 2012.

TRESIMAN, Daniel. The causes of corruption: a cross-national study. Journal of Public Economics, 76, 2000, pp. 399-457.

VÁSQUEZ, Rodrigo Alonso. Confiança Institucional e Corrupção Política no Brasil pós- 1985, Dissertação (Mestrado em Ciência Política). Campinas, UNICAMP, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.36428/revistadacgu.v12i21.210

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista da CGU

  


Para sugestões, comentários, dúvidas ou relatar problemas, entre em contato conosco.  

 
Licença Creative CommonsO conteúdo deste periódico está sob Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
 Os conteúdos publicados até 2019 têm permissão genérica para uso e compartilhamento com indicação obrigatória de autoria e origem.