Controle Social: o que as evidências realmente mostram?

Jonathan Fox

Resumo


As evidências empíricas de impactos tangíveis de iniciativas de controle social são ambíguas. Esta
meta-análise reinterpreta as avaliações por meio de uma nova lente: a distinção entre abordagens táticas e estratégicas
para a promoção da voz cidadã para melhorar a performance do setor público. Experimentos de campo
estudam intervenções táticas e limitadas, baseadas em premissas otimistas acerca do poder da informação como único elemento para motivar a ação coletiva e influenciar o desempenho do Estado. Estudos sobre estratégias
mutidimensionais que geram ambientes propícios para a ação coletiva e impulsionam a capacidade estatal de
responder a essa participação são mais promissores. As estratégias-sanduíche possibilitam que “voz” e “dentes”
se empoderarem mutuamente, por meio da sinergia Estado-sociedade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Clique aqui para pesquisar os artigos por título.