O princípio da insignificância como requisito para formação do juízo de admissibilidade no processo administrativo disciplinar

Alessandra Lopes de Pinho

Resumo


O artigo analisado ou o princípio da insignificância como requisito para a formação do juiz de admissibilidade no processo administrativo disciplinar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.36428/revistadacgu.v6i0.304

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 Revista da CGU

  


Para sugestões, comentários, dúvidas ou relatar problemas, entre em contato conosco.  

 
Licença Creative CommonsO conteúdo deste periódico está sob Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
 Os conteúdos publicados até 2019 têm permissão genérica para uso e compartilhamento com indicação obrigatória de autoria e origem.