A percepção da corrupção entre universitários

Rita de Cássia Biason, Ana Flávia Bonachini, Ivan Boscariol, Lídia Paula Mendes da Costa, Vítor Zanardi Pires

Resumo


A pesquisa foi realizada na cidade de Franca e foram criadas situações que englobavam desde os pequenos atos ilícitos do cotidiano, como uma ligação clandestina na rede elétrica, até aquela corrupção que se processa no interior do governo. Pretendia-se, desta forma, verificar indiretamente as práticas ilícitas que se processam cotidianamente na sociedade brasileira, como suborno, nepotismo, clientelismo, sonegação fiscal e favorecimento. Tais práticas estão presentes na esfera privada e na pública, podendo ser detectadas pela percepção dos entrevistados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.36428/revistadacgu.v3i5.250

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2008 Revista da CGU

  


Para sugestões, comentários, dúvidas ou relatar problemas, entre em contato conosco.  

 
Licença Creative CommonsO conteúdo deste periódico está sob Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
 Os conteúdos publicados até 2019 têm permissão genérica para uso e compartilhamento com indicação obrigatória de autoria e origem.